AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

Fórum debate a relação entre nutrição e a saúde do trabalhador

Saúde

A saúde do trabalhador passa por sua nutrição. A mestre em Saúde Coletiva Desirée Stolte afirmou durante o 1º Fórum de Nutrição, promovido pelo Serviço Social da Indústria (Sesi-RS), que é preciso estratégias para alcançar o objetivo de dar saúde ao trabalhador, sem aumentar seu peso. “O Programa de Alimentação do Trabalhador (Pat), quando criado, tinha como objetivo dar estrutura e força para o trabalho. Isto fez com que os cardápios fossem bastante calóricos, já que muitos trabalhadores eram desnutridos”, disse ela. Porém, hoje, com parte da população com sobrepeso a preocupação passa a ser com a saúde e a prevenção de doenças. “É preciso uma mudança de postura, e a promoção da saúde passa pela alimentação”, ressaltou. 

O coordenador da área de impactos na atividade da indústria Mercur, João Carlos Trinks, contou a experiência da empresa baseada na sustentabilidade. “O compromisso da Mercur é construir encaminhamentos e criar soluções sustentáveis. Vamos além do que a lei pede”, destacou. Trinks relatou que estas questões foram também para a alimentação dos colaboradores. A Mercur em parceria com a Ao Ponto, que faz as refeições, buscou soluções saudáveis para ofertar. “Começamos com arroz integral orgânico três vezes por semana, e foi evoluindo com a ajuda também da Capa/Ecovale, cooperativa de agricultores da região”, comentou. Hoje, as refeições têm diariamente arroz e feijão, alface, mandioca, batata-doce e sucos de goiaba e maracujá orgânicos. Outros produtos orgânicos são ofertados conforme o volume obtido. 

O fórum teve como objetivo promover a discussão sobre os alimentos e sua relação com a saúde e segurança do trabalhador da indústria do Rio Grande do Sul. A professora e pesquisadora da Itt Nutrifor, Denise Ziegler, falou das tendências atuais na área apresentadas na última edição da feira Anuga, que incluem orgânicos, veganismo e alimentos premium.


Crédito foto: Dudu Leal