AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | TEL.: 51-3347.8787

Você está aqui

Inaugurada Escola Sesi de Ensino Médio em Montenegro

Educação
O presidente da FIERGS, Heitor José Müller, inaugurou nesta quarta-feira a Escola Sesi de Ensino Médio de Montenegro. “Sem educação, com “E” maiúsculo, não há como evoluir”, destacou ele na cerimônia. Conforme ele, não são os discursos que serão motivo de orgulho para filhos e netos. “Nossos filhos e netos vão agradecer, isto sim, pelas atitudes que pudermos concretizar e lhes deixar como contribuição ao desenvolvimento econômico e social”, ressaltou. “Nossa contribuição está aqui. Nessas salas de aula irão passar os cidadãos de um novo Rio Grande do Sul e de um Brasil desenvolvido, sob a primazia da ética, tendo na evolução pessoal e social um processo sem fim”, afirmou. Esta é a terceira escola do Sesi, que junta-se a Pelotas e Sapucaia do Sul.  É gratuita para filhos de trabalhadores da indústria e busca formar os jovens para o mundo do trabalho.
 
Representando o governador José Ivo Sartori, o secretário de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Victor Hugo Silva, salientou que o projeto do Sesi é o Rio Grande que dá certo. “Estamos buscando ser mais enxutos, mais leves e contemporâneos para dar as mãos para este Rio Grande das empresas, o Rio Grande que dá certo”, argumentou. O diretor-superintendente do Sesi-RS, Juliano Colombo, explicou que o projeto envolve seis escolas, as três inauguradas (Pelotas, Sapucaia do Sul e Montenegro), além de Gravataí (já em funcionamento), São Leopoldo e Caxias do Sul. “Víamos a necessidade dos jovens, a demanda do mundo do trabalho e a revolução tecnológica que estamos vivendo”, disse ele. “A intenção da escola é que, ao final do Ensino Médio, o aluno tenha desenvolvido competências de leitura, escrita e resolução de problemas, dominando não só saberes necessários para a excelência acadêmica, mas também para a sua plena inserção no mundo do trabalho”, destacou Colombo.
 
O prefeito de Montenegro,  Luiz Américo Aldana, contou em seu pronunciamento que está fazendo profundas alterações na educação do município. “Precisamos preparar as crianças do ensino fundamental para que tenham condições de chegar no ensino médio e frequentar esta escola”, alertou. “É uma oportunidade que pode mudar o destino de uma família”, concluiu. O presidente do Conselho Consultivo do Sesi de Montenegro, Aristides Voigt, lembrou que “país que não prima pela educação é um país sem futuro. Esta escola vai mudar este bairro, esta comunidade e esta região”, proferiu.
 
Com turno estendido, os alunos têm uma matriz curricular dividida da seguinte forma: 30% Código e Linguagens (português, literatura, línguas estrangeiras, artes, educação física), 50% Matemática e Ciências Naturais (química, física e biologia) e 20% Ciências Humanas (história, geografia, sociologia e filosofia). Eles têm à disposição salas-ambiente para as áreas de linguagens, matemática e ciências humanas, laboratórios para as atividades de ciências da natureza e infraestrutura específica para as aulas de teatro e música. O uso de tecnologias e o respeito às culturas juvenis se fazem presentes em todo ambiente escolar. O ensino se dá por projetos de pesquisa ativa e oficinas, estímulo ao desenvolvimento, capacitação, experimentação, visitas técnicas e encaminhamento para escolhas profissionais (com base também no interesse do aluno). A trajetória do estudante é acompanhada por um professor, chamado de articulador, que o orientará em seu projeto de vida. A intenção é que todos os alunos cresçam, a partir de estudos de reconstrução, atividades de apoio ou desafios, conforme o ritmo de cada um.
 
 A partir do segundo ano, inicia a parceria com o Senai-RS em cursos de qualificação profissional em eletricidade e automação. Outros desafios também serão propostos como os projetos de Educação Financeira, Robótica e Passaporte para o Empreendedorismo.
 
A primeira escola de ensino médio do Sesi começou a funcionar em 2014, em Pelotas, e já foi reconhecida pelo MEC como uma das 177 instituições de todo o País como exemplo de inovação e criatividade na educação básica. Em breve será inaugurada a Escola Sesi de Ensino Médio de Gravataí, que já está em funcionamento. 
 
Foto: Dudu Leal