Você está aqui

Sapucaia do Sul terá escola referência em Ensino Médio do Sesi em 2016

 
Estão abertas as pré-inscrições para a nova escola de Ensino Médio do Sesi, em Sapucaia do Sul. Localizada na rua Lúcio Bitencourt, 1080, abrigará 300 alunos, assim que for emitido parecer final do Conselho Estadual de Educação. No primeiro ano serão 100 adolescentes, divididos em quatro turmas de 25 alunos, que cursarão o primeiro ano do Ensino Médio. O projeto foi desenvolvido pelo Sesi-RS, com apoio de consultores doutores, com base nos melhores sistemas de educação.
 
Os alunos têm à disposição salas ambiente para as áreas de linguagens, matemática e ciências humanas, laboratórios para as atividades de ciências da natureza e infraestrutura específica para as aulas de teatro e música. A escola busca o desenvolvimento integral do estudante, que é instigado a resoluções de problemas pautados pelo mundo do trabalho. O acompanhamento desse desenvolvimento ocorre com uma avaliação que prevê continuamente retomada dos estudos, consolidação ou novos desafios, conforme o estágio de aprendizagem de cada aluno. A organização da sala prevê a composição de grupos com perspectiva colaborativa. O uso de tecnologias e o respeito às culturas juvenis se fazem presentes em todo ambiente escolar. A metodologia já está sendo usada há dois anos na Escola Sesi Eraldo Giacobbe em Pelotas com trabalhos premiados em mostras externas, torneios de robóticas e a satisfação dos alunos.  
         
Com turno estendido (serão aproximadamente 5 mil horas de estudo), os alunos terão uma matriz curricular dividida da seguinte forma: 30% Código e Linguagens (português, literatura, línguas estrangeiras, artes, educação física), 50% Matemática e Ciências Naturais (química, física e biologia) e 20% Ciências Humanas (história, geografia, sociologia e filosofia), o alunos assimila o conhecimento assimila estratégias variadas .  “A proposta é atender à proficiência em matemática e português, básico para qualquer profissão, e a área de ciências  naturais, demandas observadas na sociedade em geral e principalmente na indústria”, explica o diretor-superintendente do Sesi-RS, Juliano Colombo. O ensino se dá por projetos de pesquisa ativa e oficinas, estimulando o desenvolvimento, a capacitação, experimentação, visitas técnicas e encaminhamento para escolhas profissionais (com base também na vocação do aluno). A trajetória do estudante é acompanhada por um professor, chamado de coach, que orientará o aluno em sua descoberta vocacional, oferecendo oportunidades de aprendizagem e aprofundamento de conhecimentos independente do aproveitamento que o mesmo demonstre. A intenção é que todos os alunos cresçam, a partir de estudos de recuperação, atividades de apoio ou desafios, conforme o ritmo de cada um. 
           
A partir do segundo ano, inicia a parceria com o Senai-RS em cursos de qualificação profissional em eletricidade e automação. Outros desafios também serão propostos como os projetos de Educação Financeira, Robótica e Passaporte para o Empreendedorismo. “A intenção da escola é que, ao final do Ensino Médio, o aluno tenha desenvolvido competências de leitura, escrita e resolução de problemas, dominando não só saberes necessários para a excelência acadêmica, mas também para a sua plena inserção no mundo do trabalho”, destaca Colombo.
 
 
 

 

Tags: 

Veja mais

FIERGS 30/06/2016 às 19h52
O Serviço Social da Indústria (Sesi) completa nesta sexta-feira (1º) 70 anos de atividades. “As grandes transformações da humanidade certamente são...
Saiba mais
FIERGS 30/06/2016 às 11h52
A partir do primeiro trimestre de 2017, Porto Alegre será rota de emissão de vistos para os Estados Unidos. Nesse período, será reaberto o consulado do...
Saiba mais
FIERGS 29/06/2016 às 15h00
 Os alunos do Senai do Rio Grande do Sul estão na última etapa de preparação para Seletiva Worldskills 2017, que será em Abu Dhabi.
Saiba mais