You are here

Escola do Sesi de Pelotas beneficiará 360 alunos a partir de 2024

As obras de ampliação da escola de Ensino Médio do Serviço Social da Indústria (Sesi-RS) em Pelotas devem ser concluídas no final de 2023, beneficiando 360 alunos com atividades em tempo integral a partir de 2024. O anúncio foi feito pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), Gilberto Porcello Petry, durante a posse do industrial José Augusto Vaniel, que assumiu a presidência do Centro das Indústrias de Pelotas (Cipel), substituindo Amadeu Fernandes. “Este ano traz uma série de fatores históricos que nos estimulam a continuar trabalhando por um Brasil justo e próspero. O País comemora o bicentenário da Independência. A FIERGS completa 85 anos de atividades. O Cipel chega aos 75 anos de trabalho. E os brasileiros estarão elegendo seus representantes na Presidência da República, Câmara Federal, Senado e governadores dos Estados”, disse ele. “A confluência da história nacional e das eleições gerais nos permite renovar as expectativas para que possamos ingressar, a partir de 2023, em um novo ciclo de retomada de crescimento”, afirmou.

Petry lembrou ainda do investimento de R$ 300 milhões da FIERGS nos próximos cinco anos no Rio Grande do Sul por meio do programa A Indústria Pela Educação. “O exemplo das nações desenvolvidas nos mostra que a educação de qualidade é imprescindível para o desenvolvimento, gerando benefícios para toda a sociedade”, salientou o presidente da FIERGS.

Crédito foto: Paulo Rossi

O superintendente do Sesi-RS, Juliano Colombo, apresentou o projeto de ampliação, cujas obras devem começar no primeiro semestre de 2023. O projeto envolve a modernização da estrutura existente para contemplar 12 salas de aula, a construção de um espaço de convivência, de um novo prédio multiuso e a reforma do ginásio. Haverá ainda intervenção na área externa, como novas passagens de pedestres cobertas, melhorias na iluminação e cercamento. O espaço total do complexo educacional será de aproximadamente 2.200m².

Pelotas foi a primeira cidade a receber o modelo inovador de Ensino Médio do Sesi-RS, em 2014. Hoje são mais quatro unidades: Sapucaia do Sul, Gravataí, Montenegro e São Leopoldo. Com os investimentos do programa A Indústria pela Educação, até 2027 também serão beneficiados com escolas os municípios de Caxias do Sul, Canoas, Lajeado, Novo Hamburgo e Santa Cruz do Sul.  O público-alvo das instituições de ensino são filhos de trabalhadores da indústria, que poderão receber bolsas integrais e parciais, e da comunidade em geral.

O investimento ainda contempla a criação de um Instituto de Formação de Professores, em Porto Alegre, dedicado à capacitação e à qualificação de educadores de escolas públicas e privadas, principalmente por meio de parcerias com os municípios gaúchos. Além de qualificação docente, o espaço (que será instalado em um prédio da Travessa Leonardo Truda, no Centro da Capital) fará pesquisas e estudos de dados educacionais do Estado, produzindo análises qualitativas que permitam construir soluções personalizadas para os professores.

Também estão previstas a reformulação e a ampliação do contraturno tecnológico com ênfase em pensamento computacional. A iniciativa atende a crianças de seis a 15 anos, no turno inverso à escola, em várias cidades do Rio Grande do Sul. Com a ampliação, serão abertas mil novas vagas em todo o Estado.

Publicado Tuesday, 28 June 2022 - 5h02

Precisando de ajuda?

Por onde prefere falar conosco?

Whats

Chat