AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

infraestrutura

Profissionais da indústria, representantes de universidades, sindicatos, associações e agentes de fomento se encontrarão, no dia 20 de novembro, na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS). Em debate estarão formas de se viabilizar projetos de desenvolvimento e a adoção de tecnologia no ambiente de produção 4.0 na manufatura avançada, envolvendo provedores de soluções e instituições detentoras de infraestrutura tecnológica.

A reunião conjunta dos Conselhos de Meio Ambiente (Codema) e de Infraestrutura (Coinfra) da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), nesta quarta-feira (10), contou com a participação da secretária estadual do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

Para tratar das tendências e expectativas de um mercado em transformação, a Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), por meio do Conselho de Infraestrutura (Coinfra), promove o XII Seminário de Telecomunicações, em 13 de setembro, reunindo especialistas de diferentes áreas da tecnologia. No atual cenário do setor, estarão em discussão como agregar valor para as empresas, com impacto na redução de tempo e na agilidade da análise dos dados.

O embaixador da França no Brasil, Michel Miraillet, disse nesta quinta-feira (1º), durante visita à Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), que o presidente Emmanuel Macron lhe incumbiu de incrementar as relações comerciais e econômicas em todas as áreas com o Brasil. “Isso não se resume apenas a São Paulo e Rio de Janeiro, precisamos aumentar nossa presença no Rio Grande do Sul, Estado atraente por seu desenvolvimento e recursos humanos de alto nível”, disse Miraillet, que foi recebido pelo presidente da FIERGS, Gilberto Porcello Petry.

A multinacional francesa Lactalis, a maior no segmento de lácteos no mundo, inaugurou, nesta quarta-feira (28), a nova linha da unidade de Teutônia, onde serão produzidos leite UHT em garrafas PET, além de manteigas especiais. A inauguração é resultado de um investimento de R$ 104 milhões, anunciado em 2016, durante a missão internacional liderada pelo governador José Ivo Sartori à França, que contou com a presença também, na ocasião, do atual presidente da FIERGS, Gilberto Porcello Petry. “Estive no anúncio desses recursos, em Paris, e essa missão se materializou.

O ano de 2018 começa bem para a indústria gaúcha, aponta a Sondagem Industrial, divulgada nesta terça-feira (27) pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS). O índice que mede a evolução da produção alcançou 52,8 pontos em janeiro, o que denota um crescimento em relação a dezembro de 2017. Desde 2013, o índice não ficava acima de 50 pontos no primeiro mês do ano. Da mesma forma, o emprego (53 pontos) mostrou o primeiro crescimento no mês em oito anos. “O cenário de recuperação deve persistir nos próximos meses.

O presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Gilberto Porcello Petry, alerta que empresas e empregos estão sob ameaça caso o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) tenha que devolver antecipadamente, em 2018, R$ 130 bilhões da dívida com o Tesouro Nacional. O pedido para o ressarcimento deste valor no próximo ano, e de R$ 50 bilhões em 2017, foi formalizado pelo Ministério da Fazenda. “Apoiamos o ajuste fiscal e sabemos que o controle das finanças públicas é o único caminho possível para que a economia se desenvolva com sustentabilidade.

O crescimento do volume de dados na rede, o grande número de dispositivos conectados e a inclusão de novas tecnologias podem, muitas vezes, representar ameaça à segurança das empresas. Por essa razão, a Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) reúne especialistas para um debate sobre o tema e as soluções que movimentam o mercado, e que se tornarão uma plataforma para o aumento da eficiência das organizações.

A reunião conjunta dos Conselhos de Meio Ambiente (Codema), Infraestrutura (Coinfra) e do Comitê de Base Florestal e Moveleira (Combase) da FIERGS, nesta terça-feira (9), debateu junto com a secretária do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) do Estado, Ana Pellini, o Zoneamento Ecológico Econômico (ZEE).  O coordenador do Codema, Walter Fichtner, que conduziu a reunião, destacou a apreensão da indústria com o tema. “O Rio Grande do Sul já teve uma experiência de zoneamento que veio a ser amplamente restritiva a uma atividade produtiva.

O presidente do Sistema FIERGS, Heitor José Müller, e o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, assinaram na manhã desta segunda-feira o termo de cooperação para regularização da infraestrutura da unidade do Senai Restinga. O espaço usado há 40 anos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) é da prefeitura de Porto Alegre e necessita de obras para regularizar o local e receber o Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI).