Você está aqui

O trabalho com metodologias ativas é um caminho que abre muitas possibilidades, proporcionando aprendizagem diferenciada e centrada no estudante. Dentre as diferentes metodologias, a aprendizagem por projetos, em especial os que partem de uma situação-problema, mostra-se eficiente para desenvolver habilidades e competências, incentivando os estudantes a resolver problemas e conectar ideias.

Promover a aprendizagem por meio de projetos é utilizar uma metodologia ativa que leva os estudantes a confrontarem questões e problemas do mundo real que considerem importantes, buscando soluções inovadoras de forma colaborativa e interdisciplinar. Nessa perspectiva, os alunos desenvolvem seus conhecimentos a partir da resolução de problemas, agregando diferentes tecnologias em colaboração com seus pares e com os educadores, o que é essencial para que esse processo aconteça, pois permite analisar as questões e situações sob diferentes perspectivas na busca conjunta por soluções.

A sala de aula na aprendizagem por projetos torna-se um ambiente real e dinâmico, propiciando aprender de maneira diferenciada. As estratégias utilizadas proporcionam explorar diferentes temas e situações, facilitando o desenvolvimento do currículo de forma prática e colaborativa. Aliada à tecnologia, essa abordagem permite a integração entre as diversas áreas do conhecimento na medida em que uma situação real possa ser analisada em diferentes contextos. A investigação, a busca e a seleção de informações preparam os estudantes tanto para incorporar o que é relevante, como para identificar o que não contribui no processo de pesquisa.

Mas como envolver o alunos a partir dessa metodologia? Essa não é uma tarefa fácil, na medida em que exige preparo dos profissionais envolvidos que, em vez de servirem como transmissores de informação, tornam-se facilitadores, deslocando-se para um ensino centrado no estudante onde tem a missão de instigá-los e envolvê-los, propiciando que investiguem diferentes soluções para problemas reais.

Além de proporcionar uma diversidade de abordagens, a aprendizagem por projetos agrega tecnologias, proporciona o desenvolvimento de diferentes habilidades tanto congnitivas como socioemocionais, potencializa o interesse e a motivação dos estudantes que desenvolvem o espírito crítico, tornando-se produtores de conhecimento, o que a diferencia das metodologias tradicionais onde eram apenas receptores das informações transmitidas pelo professor.

Em um projeto interdisciplinar que parte de uma situação-problema, o professor, no papel de facilitador, elabora situações da realidade ou do cotidiano que instiguem os estudantes a pesquisar causas e criar hipóteses de solução. A partir das pesquisas e investigações os estudantes elaboram possíveis soluções para as situações-problema, apresentam ou sistematizam a forma de resolvê-las, criam protótipos. Neste processo, passam por uma diversidade de informações, trocas e conexões que auxiliam no desenvolvimento de diferentes habilidades e competências de forma ativa, participativa e colaborativa o que contribui na tomada de decisão, na autonomia e no protagonismo para resolver situações no seu cotidiano e no mundo do trabalho. A avaliação, a orientação, o diálogo e o feedback por parte professor ao longo do processo é fundamental para enriquecer o repertório dos estudantes, estimulá-los na pesquisa, ajustar papéis no grupo e poder, se necessário, redirecionar ou fazer ajustes.

Na aprendizagem por projetos, a tecnologia tem um papel importante ao longo de todo o processo, desde o momento de compartilhamento da situação-problema, durante a etapa da pesquisa, trazendo diferentes possibilidades de concretização da solução encontrada.

Aprender por projetos proporciona o desenvolvimento do pensamento crítico, da criatividade, de habilidades tecnológicas e interpessoais, da autonomia, do protagonismo e do espírito inovador e empreendedor o que prepara os estudantes para os desafios acadêmicos, profissionais e de seus projetos de vida, tornando-os aptos para enfrentar os desafios do mundo globalizado que os espera no século XXI.


Por Anamaria Bertoni dos Santos
quinta-feira, 9 de Setembro de 2021 - 12h12

Deixe um Comentário

7 + 0 =