Você está aqui

Estamos no Outubro Rosa, o mês de conscientização sobre a prevenção ao câncer de mama.  Geralmente associado a uma temática exclusivamente feminina, este é um assunto que possui diversas nuances e que atinge todas as pessoas. Sabe por quê?  

O câncer de mama também afeta os homens. 

Embora seja raro, a doença também afeta homens cisgêneros, com uma incidência de 1% dos casos. Nos homens transgêneros, o risco também está presente, mesmo com realização de mastectomia. Isso porque a cirurgia preserva parte da glândula mamária e, com isso, os riscos se assemelham ao dos homens cisgêneros. Com isso, o autoexame continua como um recurso importante para prevenção. 

O câncer de mama é uma doença que impacta o círculo social e familiar.  

Pais, filhos, maridos, parceiros, amigos tem um papel fundamental, levando informação, reforçando a importância dos exames e demais cuidados periódicos, prestando acolhimento a quem precisa durante o tratamento e a recuperação do paciente. 

O câncer de mama pode afetar mulheres de todas as idades e origens. 

O Câncer de Mama é a principal causa de óbitos por câncer das mulheres brasileiras. A incidência é maior em mulheres com mais de 50 anos, porém, pode sim atingir também mulheres mais jovens.  Fatores genéticos podem contribuir para o surgimento de tumores em mulheres abaixo dos 35 anos. No Brasil, a incidência nessa faixa etária atinge entre 4 e 5% dos casos. 

No estudo realizado pela University Medical Center de Amsterdã, mulheres transgêneras têm até 47 vezes mais chances de desenvolver o câncer de mama do que homens cisgêneros. Por isso, estar alerta a mudanças e consultar um mastologista é essencial. 

Derrubar as “fake news” e preconceitos sobre o câncer de mama é uma missão para todos. 

Fique atento: o autoexame não substitui a mamografia. Desodorantes não causam câncer de mama. Batidas nos seios não causam tumores cancerosos. Próteses de silicone não impedem a realização da mamografia e nem encobrem tumores na fase inicial.  

Transmitir informações verdadeiras e confiáveis ajudam a derrubar mitos e preconceitos relativos ao câncer de mama. A prevenção também começa no combate às notícias falsas. E este é um compromisso de todos. 

 

Para você saber mais sobre o câncer de mama, compartilhamos alguns sites com informações confiáveis neste #OutubroRosa.  

https://www.inca.gov.br/ 

https://www.ligafemininars.org.br/ 

 

--------------- 

Glossário: 

Cisgênero (Cis): termo utilizado para se referir ao indivíduo que se identifica, em todos os aspectos, com o seu "gênero de nascença", ou seja, existe a concordância entre a identidade de gênero (a forma como a pessoa se vê) e o gênero que lhe foi conferido ao nascer. 

Transgêneros (Trans): são as pessoas que não se identificam com o seu sexo biológico, mas sim com um gênero diferente daquele que lhe foi atribuído biologicamente. 

sexta-feira, 15 de Outubro de 2021 - 10h10

Deixe um Comentário

8 + 2 =