Você está aqui

Spartanos Robots vence Torneio de Robótica da FLL

 
Spartanos Robots foi a grande vencedora do Torneio de Robótica First Lego League, organizado pelo Serviço Social da Indústria (Sesi-RS), etapa regional, encerrada no final da tarde de sábado, no Centro de Eventos da FIERGS. A equipe, que é  independente de Porto Alegre, juntamente com a Androids, do Colégio Coração de Maria, de Esteio, e a Agrotech, do Colégio Agrícola de Veranópolis, que ficaram em segundo e terceiro lugar respectivamente estão garantidos na etapa nacional. O evento acontece em março de 2016, no Sesi Taguatinga, em Brasília. “Vocês aprenderam? Vocês fizeram novos amigos? Vocês se divertiram? Então nós alcançamos nosso objetivo”, disse o diretor-superintendente do Sesi-RS, Juliano Colombo, na cerimônia de encerramento e premiação.  
 
O evento tem como objetivo despertar o interesse das crianças e jovens por ciências e matemática e contribuir para formar futuros engenheiros e cientistas.  O desafio desta temporada, Trash Trek, envolveu a busca de soluções para o lixo nosso de cada dia. Os estudantes tiveram que identificar um problema na forma de lidar com o lixo, desenvolveram soluções e compartilharam essas ideias. Os resultados se transformam em projetos de pesquisa e foram apresentados e avaliados durante a competição.  
 
Além da apresentação, o trabalho é avaliado em outras três categorias: Design de robô, Core values, e o Desafio do robô, quando os robôs autônomos cumprem missões na mesa da competição, em partidas de até 2’30”. A intenção é proporcionar uma experiência divertida e criativa, desafiar as crianças a resolverem problemas do mundo real usando a robótica e ensiná-las a experimentar e superar obstáculos, construindo assim a autoestima, confiança, conhecimento e habilidades para a vida, por meio da diversão em ciência e tecnologia. A aluna do 9º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Governador Ildo Meneghetti, Thamires Lopes, de 15 anos, da Ildobótica, participou do torneio pela terceira vez. “Achei que tem mais gente nova o que é legal, pois temos mais coisas para aprender e compartilhar”, comentou. 
 
Entre os juízes, todos voluntários, este ano havia engenheiros de empresas, como foi o caso de Carlos Hennig, da Coester. Ele conta que seu objetivo foi incentivar os participantes a inovar, e a trabalhar em grupo. “Hoje vemos que a inovação é imprescindível e esta é uma boa oportunidade de passar esta mensagem”, disse. 
 
Os resultados podem ser conferidos no site: www.sesi.org.br/robotica. 
 
FOTO: Dudu Leal 
 
 
 
 

Veja mais

FIERGS 16/01/2017 às 16h21
A produção industrial gaúcha surpreendeu no mês de novembro, e com 51,1 pontos cresceu em relação a outubro, contrariando a sazonalidade negativa do...
Saiba mais
FIERGS 12/01/2017 às 15h22
O ano de 2016 fechou com as exportações em queda no Rio Grande do Sul. Ao somarem um total de US$ 16,6 bilhões no acumulado dos 12 meses, caíram 5,4% em...
Saiba mais
FIERGS 12/01/2017 às 9h35
Uma comitiva chinesa esteve na FIERGS, nesta quarta-feira (11), recebida pelo coordenador do Conselho de Relações Internacionais e Comércio Exterior (...
Saiba mais