Você está aqui

Embora já estivesse em evidência, o tema da saúde mental ganhou maior necessidade de atenção na pandemia. Nesse momento de transferência do trabalho presencial para o home office e de maior preocupação com a saúde dos profissionais e de seus familiares, o RH assume importância fundamental na promoção da saúde mental.  

A pandemia de Covid-19 desencadeou uma revolução no mercado de trabalho, demandando novas formas de interação e novas rotinas de trabalho. O medo da transmissão, combinado com as incertezas financeiras, passaram a fazer parte da rotina dos trabalhadores, gerando apreensão e angústia.  

Nesse cenário, um estudo realizado pelo Ministério da Saúde a respeito da saúde mental dos brasileiros durante a pandemia revelou que, entre abril e maio de 2020, os respondentes demonstraram índices consideráveis de ansiedade (86,5%) e de transtorno de estresse pós-traumático (45,5%), além de depressão (16%) em sua forma mais grave.  

Por meio desses dados, verificou-se que, no Brasil, grande parte da população apresentava ansiedade, uma condição que pode causar sintomas físicos e psicológicos, como dor de cabeça, dor no peito, falta de ar e medo constante. Caso não seja tratada, a ansiedade pode acarretar doenças mais graves, como depressão.  

UM AGENTE PARA A SAÚDE MENTAL NO AMBIENTE DE TRABALHO 

O profissional de RH pode desempenhar um papel decisivo nesse contexto. Para tanto, cabe a esse profissional conhecer as pessoas de sua empresa e desenvolver projetos que as façam se sentirem bem no ambiente de trabalho, no qual, muitas vezes, elas acabam passando mais tempo do que em casa.  

Além disso, há algumas dicas que podem auxiliar o profissional de RH a promover a saúde mental dos colaboradores que integram as equipes de trabalho da empresa: 

  1. Incentive o diálogo: desenvolva ambientes e momentos para promover a escuta ativa das pessoas/profissionais, bem como momentos em que possam expressar os seus sentimentos e socializar ideias para atender às expectativas dos processos de trabalho. 
  1. Crie programas de desenvolvimento das lideranças: desenvolva as lideranças ao abordar temas relacionados à inteligência emocional, gestão de pessoas, resolução de conflitos, comunicação assertiva e feedback. 
  1. Desenvolva programas de terapia on-line: pense em projetos com parceiros na área de psicologia de terapia on-line. 
  1. Invista em programas de desenvolvimento de equipes: os programas que visam ao desenvolvimento podem ser presenciais ou remotos. Invista nessa iniciativa e avalie os resultados. 
  1. Crie programas de saúde ocupacional: os cursos devem ser pensados e planejados para atender às necessidades dos profissionais que experienciam situações específicas nos mais diversos setores da empresa.   
  1. Produza conteúdos educativos: na intranet, em murais ou no WhatsApp; produzir conteúdos internos pode despertar nos profissionais a ideia de que é necessário pensar e refletir acerca de temas focados em desenvolvimento pessoal. 
  1. Oferecer programas adequados de medicina no trabalho: por meio dessas formações, é possível estimular o cuidado a si e aos outros, favorecendo a prevenção em relação à saúde mental. 

MAIS RESULTADO PARA A EMPRESA 

Por fim, é importante compreender que o esforço vale a pena: empresas que investem na promoção da saúde mental de sua equipe conquistam um ambiente saudável, com menos rotatividade, absenteísmo e mais produtividade. 

O SESI/RS pode te ajudar na promoção da saúde mental em sua empresa. Recentemente, lançamos dois cursos que tratam sobre o tema: Emocionamente: reconheça suas emoções e Coma bem para se sentir bem. Acesse nossa plataforma e descubra mais sobre esses cursos. 

 

Referências citadas neste texto 

BRASIL – Ministério da Saúde. Ministério da Saúde divulga resultados preliminares de pesquisa sobre saúde mental na pandemia. Brasília, 2020. Disponível em: https://bit.ly/3CNDjGj. Acesso em: 21 set. 2021.  

PARANÁ – Secretaria da Saúde. Saúde mental. Curitiba, c2021. Disponível em: https://bit.ly/3zuSUIv. Acesso em: 21 set. 2021. 

 

Ana Maria Kaspar 

Especialista em Gestão de Pessoas e Bacharel em Administração de Empresas 

sexta-feira, 15 de Outubro de 2021 - 12h12

Deixe um Comentário

2 + 16 =