Você está aqui

Início de ano é tempo propício para revisar o que passou e traçar metas para o próximo ciclo. Mas é possível avaliar o que passou e seguir em frente sem, em alguma medida, sentir gratidão?  

Há alguns anos, a expressão do sentimento de gratidão teve um aumento expressivo nas redes sociais, colocando em questão se realmente se tinha ideia do que se estava falando. Hoje, em tempos de tantas perdas, incertezas e medo por conta da pandemia, sentir gratidão pode parecer contraditório e insensível à realidade.   

Saúde mental e a importância da gratidão 

Neste mês o movimento Janeiro Branco nos lembra da relevância de se cuidar da saúde mental e marca uma data que tem uma relação intrínseca com os níveis de bem-estar e felicidade pessoal: o dia da gratidão. 

A existência dessa relação está nos estudos do reconhecido psicólogo americano, professor da Universidade da Pensilvânia, Martin Seligman. Segundo ele, por ser uma emoção positiva, a gratidão amplia o sentimento de bem-estar emocional.  

E a explicação vai além, de acordo com a neurociência, sempre que agradecemos ou nos sentimos gratos por algo ou alguém aumenta no nosso cérebro os níveis de dopamina, neurotransmissor responsável pelo bem-estar, humor e prazer.  

Outro pesquisador americano do tema, o professor da Universidade da Califórnia, Robert Emmons, apontou no livro “Agradeça e seja feliz” alguns benefícios da prática da gratidão para a saúde física e mental: 

  • A pessoa fica mais entusiasmada, otimista e feliz, além de ter mais energia 
  • O sistema imunológico se fortalece 
  • A pressão arterial diminui 
  • Reduz as queixas de mal-estares e dores 
  • Qualidade de sono melhora 
  • A pessoa acorda mais disposta 
  • Emoções tóxicas são ignoradas ou eliminadas, como rancor, inveja, medo, raiva 
  • A vida social da pessoa se torna mais prazerosa, consequentemente mais ativa 
  • Os níveis de estresse e depressão reduzem 

Carta da gratidão 

A escrita da gratidão é uma proposta que pode ajudar na expressão desse sentimento, além de deixar registrado algo que pode ser retomado em momentos difíceis. Evidenciada neste e em outros estudos, a prática mostrou que melhora a saúde mental, afastando emoções tóxicas. A pesquisa ainda sugere que a escrita da gratidão pode ser benéfica não apenas para indivíduos saudáveis, mas também para aqueles que lutam com preocupações com a saúde mental. 

quinta-feira, 6 de Janeiro de 2022 - 12h12

Deixe um Comentário

9 + 4 =

Precisando de ajuda?

Por onde prefere falar conosco?

Whats

Chat