Você está aqui

O Serviço Social da Indústria (Sesi-RS) por meio do Centro de Inovação Sesi em Fatores Psicossociais (CISFPS), iniciou o Setembro Amarelo, mês que se celebra mundialmente a prevenção ao suicídio, com o movimento Saúde Mental é... Valorizar a Vida. Recente pesquisa realizada em São Paulo, por cientistas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), desde o início da pandemia de Covid-19, identificou que mais de 50% dos entrevistados afirmaram sentir nervosismo ou ansiedade com frequência. Para 39% dos entrevistados, sentir-se triste ou deprimido passou a ser algo rotineiro durante a quarentena e quase 30% dos que antes dormiam bem, agora estão enfrentando problemas de sono.

Além disso, um levantamento feito pela Secretaria Estadual da Saúde mostra que aumentou a busca por atendimento em saúde mental no Rio Grande do Sul desde o início da pandemia de coronavírus. Nos serviços da atenção básica (como nas Unidades Básicas e Estratégia Saúde da Família), 78% dos gestores municipais perceberam um aumento na demanda de atendimentos em saúde mental.

“Pelo momento que estamos vivendo ações de valorização da vida e incentivo ao acolhimento e apoio nunca foram tão necessárias”, alerta a gerente do CISFPS, Letícia Lessa. Neste sentido, o Centro vai lançar desafios semanais nas redes sociais do Sesi com o intuito de incentivar as pessoas a pensar na importância das pequenas coisas, valorizar a sua rede de apoio e demonstrar a importância das pessoas na sua vida. O Sesi também convida as empresas a entrarem no movimento e incentivarem seus funcionários a participar dos desafios nas redes, postando com os  #setembroamarelo , #ValorizarAVida ; #SESI , #SaúdeMental ; #FatoresPsicossociais . 

Veja aqui todas as matérias e ações da FIERGS sobre o novo coronavírus

Publicado quinta-feira, 3 de Setembro de 2020 - 11h11