Você está aqui

Muito se fala sobre como a prática regular de atividade física é capaz de melhorar o condicionamento físico e reduzir a incidência de doenças como hipertensão, diabetes, infarto, acidente vascular cerebral e outras. No entanto, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), manter uma rotina de exercícios físicos traz benefícios não apenas para a saúde física, mas também para a saúde mental.

Isso ocorre porque o humor deprimido, por exemplo, tem causas em diversos fatores (físicos, psicológicos e socioambientais). Portanto, um estilo de vida mais saudável também tem efeitos na saúde da mente. 

Como exercícios físicos podem melhorar o bem-estar mental?

Segundo estudiosos, a prática de exercícios físicos afeta o estado de humor do indivíduo porque essa prática libera substâncias capazes de melhorar a sensação de bem-estar, reduzir a ansiedade e elevar a autoestima. Além disso, pesquisadores defendem que a interação social que ocorre durante a prática de algumas atividades também pode ser um fator importante para a melhora do humor, ou seja, do estado de ânimo da pessoa.

Descubra os principais impactos da prática de atividades físicas para a mente:

Impactos no humor – As pessoas ficam mais contentes, dispostas e calmas logo após a atividade, em comparação com períodos em que não fazem exercícios físicos.

Impactos no estresse – Exercícios físicos tendem, em médio e longo prazos, a reduzir a pressão sanguínea, gerando menos estresse ao organismo.

Impactos na depressão e ansiedade – Os exercícios físicos aumentam a liberação de moléculas ligadas ao humor (ânimo e disposição para fazer as coisas) e ao bem-estar geral.

Impactos no sono – A prática regular de exercícios físicos também pode influenciar na qualidade do sono, um dos principais responsáveis pela redução da irritabilidade.

Para desfrutar destes benefícios, não é necessário ser atleta. Começar a ter hábitos mais ativos pode ser mais simples do que imaginamos.

Como se tornar mais ativo?

Muita gente acredita que para ter bons resultados é preciso se tornar atleta, mas não é bem assim. Claro que quando o exercício físico é planejado e feito com frequência os ganhos são maiores, mas ainda assim é possível começar aos poucos. Veja como:

  • caminhe mais
  • prefira a escada ao elevador
  • brinque com as crianças
  • faça atividades de lazer ao ar livre
  • dance

Embora façam parte do cotidiano, estes comportamentos, quando executados com maior frequência, já contribuem para o combate ao sedentarismo, geram benefícios ao cérebro e motivação para incluir outras atividades na rotina. Aqui, indicamos algumas e listamos as vantagens de cada uma!

Caminhada: pode ser feita na maioria dos lugares e não exige grande investimento; apenas roupas e um par confortável de tênis.

Dança: para muitas pessoas, a dança é terapêutica. Uma das vantagens é que ela pode ser praticada também em casa, por meio de videoaulas ou até mesmo sozinho(a): basta ouvir a música e se soltar.

Corrida: embora exija mais preparo físico, é outra modalidade que não requer muito investimento. No entanto, é recomendado seguir um treinamento de corrida, acompanhado de um profissional de educação física.

Ciclismo: o uso da bicicleta para praticar exercícios físicos, como lazer ou mesmo como meio de transporte vem crescendo. Além do prazer que uma boa pedalada proporciona, essa popularização pode ser explicada pela simplicidade da prática.

Existem inúmeras outras atividades que também geram benefícios para o corpo e para a mente. Em todos os casos, é fundamental ter a liberação de um profissional de saúde antes de começar.

Como a relação entre atividade física e saúde mental se manifesta no ambiente de trabalho?

Um trabalhador mais ativo fisicamente é uma pessoa mais saudável, mais feliz e mais disposta para realizar suas atividades, favorecendo a redução do absenteísmo e do presenteísmo. Isso pode impactar diretamente nos resultados da empresa, trazendo benefícios como a redução de custos com planos de saúde e aumento da produtividade dos trabalhadores.

É por isso que a empresa deve se preocupar em conscientizar seus funcionários sobre os benefícios da prática de atividades físicas para a sua saúde física e mental e também estimular e até promover o engajamento com exercícios entre as equipes. O aumento na sensação de bem-estar, na motivação e na satisfação geral com a vida e com o trabalho será sentido por ambas as partes: empregado e empregador.

Por compreender a importância dos cuidados com a saúde mental, seja através da prática de exercícios físicos, seja por meio do olhar para os fatores psicossociais no trabalho, o SESI/RS oferece uma série de serviços focados tanto na promoção de atividades físicas quanto nos cuidados com o bem-estar mental. Uma alternativa prática para estimular uma vida mais ativa, por exemplo, é a academia virtual: uma série de vídeos com diversas opções de treinos que podem ser feitos de qualquer lugar. Quer acessar mais conteúdos sobre saúde mental? Clique aqui e leia nosso artigo sobre as emoções em tempos de coronavírus.

quarta-feira, 3 de Março de 2021 - 10h10

Deixe um Comentário

7 + 10 =