Você está aqui

Ensino de robótica do Sesi leva alunos a novas conquistas

Os integrantes da equipe Kronos, da Escola Sesi de Ensino Médio de Gravataí, foram os vencedores da etapa regional Rio Grande do Sul, do Torneio Sesi de Robótica – destinada a alunos do Serviço Social da Indústria, encerrada na tarde de quinta-feira (12). Eles disputaram com outras 29 equipes de unidades da instituição de diferentes cidades do Estado. Os estudantes da Kronos se classificaram para a competição nacional, que ocorre de 6 a 8 de março de 2020, em São Paulo. "No nono ano, antes de chegar ao Sesi, eu tive meu primeiro contato com a robótica, agora, estou aqui comemorando mais esse resultado", reflete Gustavo Mendes, aluno do primeiro ano. Esse não é a única conquista de Gustavo em 2019, ele também foi um dos seis representantes do Sesi na Olimpíada internacional de Matemática, realizada na China, que garantiu três medalhas internacionais à instituição.

A disputa da etapa estadual ocorreu durante dois dias, na estrutura da Escola Sesi de São Leopoldo, quinta unidade da rede, que inicia as atividades em 2020. Os outros times que estarão na disputa nacional são Conectados (Campo Bom), Aventura Legow (Santa Cruz do Sul), Sapibótica (Sapiranga) e The Ducks (Sapucaia do Sul).

Crédito fotos: Dudu Leal

 

A edição deste ano tem como tema a City Shaper (cidades inteligentes e sustentáveis), na qual é proposto a estudantes de 9 a 16 anos o desafio de buscar soluções inovadoras para problemas urbanos como transporte, desastres naturais, acessibilidade, casas e prédios sustentáveis. As avaliações dos times incluem quatro categorias. Uma delas é o Desafio do Robô, quando os estudantes colocam os robôs de Lego para cumprir determinadas missões.

Design é outro item avaliado nos equipamentos projetados e construídos pelos próprios alunos. Os times podem utilizar sensores de movimento, cor, controladores e motores. Os juízes levam tudo isso em consideração, além da estratégia e programação. Avaliam ainda o Projeto de Inovação, que é a solução inovadora sobre o desafio da temporada. Outro item é o Core Values, que inclui o trabalhar em equipe, com inclusão, diversão e inovação.

Um dos destaques desta edição do torneio realizado em todo o País é a participação feminina. Segundo informações do Sesi Nacional,  dos mais de cinco mil inscritos em 2019, 43% são mulheres.  “Queremos incentivar o uso da tecnologia educacional e se conseguimos ampliar o espaço ocupado pelas meninas nessa área estamos atingindo nosso objetivo”, comenta a coordenadora do Torneio de Robótica do Sesi no RS, Fernanda Arusievicz.

Desde 2013, o Serviço Social da Indústria é operador oficial do torneio no Brasil, responsável pelas etapas regionais e nacional. Nesse período, foram mais de 17 mil estudantes de 1,7 mil escolas públicas e particulares. Atualmente, cerca de 400 escolas do Sesi de Ensino Fundamental e Médio de todo o Brasil contam com o programa no currículo, incluindo a Escola de São Leopoldo, que sedia o Torneio e cuja estrutura foi inaugurada em novembro deste ano. Por meio deste link, é possível realizar um registro de interesse.

Publicado sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019 - 18h18