Você está aqui

Alunos de Sapucaia do Sul desenvolvem aplicativo que contribui com o trabalho do Corpo de Bombeiros

A equipe The Ducks, formada seis por alunos da Escola Sesi de Ensino Médio de Sapucaia do Sul, classificada para a etapa nacional do Torneio Sesi de Robótica, está desenvolvendo um aplicativo para smartphone que auxiliará o contato da comunidade com o Corpo de Bombeiros do município. Batizado como “Conecta Sapucaia”, trata-se de uma alternativa mais completa às chamadas de telefone para o Corpo de Bombeiros, para atender casos de incêndios, resgates e outros serviços relacionados à corporação. Além das funções de ocorrências, o projeto aplicativo também vai agilizar o trabalho, já que possibilitará apresentar localização exata, fotos e vídeo das áreas onde estão sendo solicitados os serviços, contribuindo também para evitar trotes, pois será necessário o fornecimento de algumas informações pessoais.

A ideia já foi apresentada aos bombeiros da cidade. “O projeto está em fase de desenvolvimento e devemos ter uma simulação do projeto para ser apresentado durante a etapa nacional do Torneio”, explica um dos integrantes da equipe Gabriel Gomes Raupp. Ele se refere ao Torneio Sesi de Robótica “First Lego League 2019/2020”, que ocorre em São Paulo, de 6 a 8 de março. Para chegar à competição nacional, a equipe The Ducks passou pela etapa estadual do torneio, que avalia os alunos por provas e atividades práticas de robótica, além de quesitos como design, core values e programação. Um dos desafios é justamente desenvolver projetos que solucionem problemas das cidades onde as equipes estão inseridas. Também integram a equipe os alunos: Eduardo Rigon, Emily Maria Dalla Pozza da Silva, Júlia Gabriele Soares Pacheco Lima, Kayky Samuel Souza Ferreira, Kerolyn Pereira Braga, todos sob o comando do técnico Lucas Simas. Eles estão recebendo o suporte de programação da estudante Luisa Pereira, aluna do IFSul. 

Além da The Ducks, outras equipes do Rio Grande do Sul se classificaram para a competição nacional, entre as equipes do Sesi: Kronos (Gravataí), Conectados (Campo Bom), Aventura Legow (Santa Cruz do Sul), Sapibótica (Sapiranga). Das escolas públicas, privadas e de equipes de garagem se classificaram: Veja, de Bento Gonçalves, Tecnoway, de Caxias do Sul, Construtores SH, de Porto Alegre, Lobóticos, de Porto Alegre, e Androids, de Esteio.

O desenvolvimento de projetos é uma realidade para os alunos das Escolas Sesi. Desde 2014, com o início da unidade de Pelotas, foram cerca de 60 premiações em eventos científicos de abrangência nacional e internacional – incluindo 32 nas áreas de Ciências da Natureza, Matemática e Engenharia. Nesse sentido, o protagonismo e o empreendedorismo – também princípios da escola – são incentivados e desenvolvidos a partir do Projeto Político Pedagógico.

Alunos criam aplicativo para ajudar bombeiros
Publicado sexta-feira, 31 de Janeiro de 2020 - 16h16

Precisando de ajuda?

Por onde prefere falar conosco?

Whats

Chat